Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Saint Louis continua a ferro e fogo

Saint Louis continua a ferro e fogo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Saint Louis, no Estado norte-americano do Missouri, continua a ferro e fogo devido à decisão da justiça em absolver um antigo agente da polícia, branco, que em 2011 matou um homem negro com cinco tiros.

Pelo terceiro dia consecutivo a cidade foi palco de violência, com os manifestantes a partirem várias montras e a envolverem-se em confrontos com a polícia entoando o slogan “Se não conseguirmos justiça, vocês não terão paz”.

Eric Greitens, Governador do Missouri, não tardou a condenar os atos de vandalismo:

“Não temos paciência para a violência. Por isso é que quando os atos de vandalismo começaram as forças de autoridade entraram imediatamente em ação.”

A manifestação até começou por ser pacífica com os participantes a deitarem-se no chão para protestar contra a morte de Anthony Lamar Smith. O pacifismo foi sol de pouca dura, os confrontos com a polícia resultaram em mais de 80 detidos.