Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Madrid reforça presença policial em Barcelona

Madrid reforça presença policial em Barcelona
Tamanho do texto Aa Aa

O governo espanhol irá reforçar a presença policial na Catalunha. Apesar de não ter sido adiantado um número de efetivos, a imprensa espanhola fala num total de seis mil agentes com ordens para atuar caso o governo regional não recue na intenção de organizar um referendo pela independência, considerado ilegal por Madrid, no dia um de outubro.

De acordo com o ministro da Educação, Cultura e Desporto, Íñigo Méndez de Vigo, “o governo decidiu destacar para a Catalunha diferentes unidades de reforço às forças e corpos de segurança do estado que já cumprem as suas missões nesta comunidade autónoma” que assumirão “uma missão de reforço e de apoio às unidades dos Mossos de Esquadra.”

Nesse sentido, o Governo alugou três cruzeiros já atracados nos portos de Tarragona e Barcelona para servir de alojamento aos agentes destacados. A medida promete fazer crescer a tensão entre Madrid e Barcelona e as manifestações sucedem-se diariamente.

Esta sexta-feira, cerca de três mil estudantes tomaram o Edifício Histórico da Universidade de Barcelona em defesa do referendo pela independência.