A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Trump quer "Espanha unida"

Trump quer "Espanha unida"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A poucos dias da realização de um referendo de autodeterminação da Catalunha, proibido por Madrid, o Presidente dos Estados Unidos ditou uma sentença.

Em declarações a partir da Casa Branca, com o presidente do Governo de Espanha, Donald Trump disse que “Espanha deve manter a união”: “Espanha é um grande país que deve permanecer unido. Tenho acompanhado os desenvolvimentos, que assistimos há séculos, e penso que ninguém sabe se haverá votação. O presidente do Governo diz que não haverá votação, mas julgo que as pessoas se vão opor a isso.”

Mariano Rajoy acrescentou: “A decisão de declarar unilateralmente a independência não me corresponde a mim. É uma decisão que terá de ser tomada, ou não, pelo Parlamento da Catalunha. Julgo que seria um disparate. O que não pode acontecer é um referendo válido, democrático e com um mínimo de garantias.”

Trump acrescentou que o povo da Catalunha seria “idiota” se não escolher ficar em Espanha.” Rajoy apelou ao “bom senso.”

Um elemento do Governo regional da Catalunha assegurou, no entanto, que no próximo domingo a votação vai mesmo ser feita.