Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Rússia bombardeia cúpula de grupo islamita na Síria

Rússia bombardeia cúpula de grupo islamita na Síria
Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia afirma ter ferido gravemente o líder da coligação de grupos islamitas que controla atualmente a região síria de Idlib. Segundo Moscovo, o chefe do grupo Tahrir Al-Sham, a antiga frente Al-Nusra, encontrar-se-à em estado crítico, depois da aviação russa ter bombardeado ontem uma reunião da cúpula do movimento armado na região de Hama.

Num comunicado, o ministério da Defesa russo afirma ter atingidio Mohammad al-Joulaini, abatendo ainda 50 combatentes, entre os quais 12 comandantes do grupo que até ao ano passado pertencia à nebulosa da rede Al-Qaida na região.

O anúncio de Moscovo ocorre num momento em que as forças sírias, aliadas da Rússia, prosseguem a ofensiva para retomar a zona de Idlib, sob controlo do grupo Tahrir Al-Sham.

A Rússia tinha anunciado em Junho a probabilidade de ter morto o líder do grupo Estado Islâmico, Abou Bakr Al-Baghdadi. Uma informação desmentida pelo próprio numa gravação recente em que apela aos combatentes a resistir aos inimigos.