Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Judo: Or Sasson regressa e conquista ouro em Tashkent

Judo: Or Sasson regressa e conquista ouro em Tashkent
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na sua primeira competição desde que conquistou o bronze nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Sasson arrecadou o ouro, em +100Kg, frente a Krakovetskii, do Quirguistão, com um soberbo sodo tsurikomi goshi. Marcou waza-ari e deixou Krakovetskii sem tempo para voltar a entrar na prova. Um ótimo resultado para Sasson, após as lesões o terem obrigado a estar afastado durante mais de um ano. A vitória permitiu que Israel terminasse no topo dos medalhados em Tashkent.

Or Sasson: “Sinto-me ótimo. É a primeira competição desde os Jogos Olímpicos. Foi muito difícil, depois dos Jogos lesionei-me no joelho enquanto jogava basquete. Eu queria lutar, sentia falta dessa sensação. Estou feliz por fazê-lo aqui, em Tashkent, com uma atmosfera incrível e pessoas incríveis. Estou feliz pelo meu país. Quero continuar a fazer isto para o resto da vida.”

Anastasiya Turchyn enfrentou Beata Pacut na final -78kg. Turchyn continua a evidenciar uma boa forma. Após 1 minuto de “ponto dourado” conseguiu Waza-ari e terminou a competição conquistando a primeira medalha de ouro para a Ucrânia. Após a medalha de ouro em Tbilissi, Anastasiya Turchin, que foi a “mulher do dia”, soma a sua segunda medalha de ouro num Grande Prémio durante este ano.

Ustopiriyon, do Tajiquistão, ganhou o ouro em -90kg quando o seu adversário Dilshod Choriev foi penalizado após dez minutos e meio de “ponto dourado”.

Ruslan Chagaev, bicampeão mundial de boxe, entregou à eslovena Velensek a medalha de ouro em + 78kg. Mas Anzhela Gasparian foi a judoca em destaque na categoria ao arrecadar o bronze. A russa realizou um uchi mata fantástico para ganhar o seu lugar no pódio.

Ramadan Darwish, do Egito, e o russo Niyaz Ilyasov lutaram pelo ouro em -100kg. O veterano egípcio venceu o recém-chegado com um uchi mata para waza-ari.
O Campeão de Tashkent em 2014 voltou a estar no topo do pódio no Uzbequistão. A sua primeira medalha de ouro no circuito mundial de judo em mais de dois anos.

O judoca local Bekmurod Oltiboev derrotou o seu compatriota Mukhsin Khisomiddinov na luta pela medalha de bronze em +100Kg. A “melhor técnica do dia” foi realizada por Oltiboev. Uma manobra que deu o bronze ao judoca e a última medalha do Uzbequistão no Grande Prémio.