Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Fukushima: Governo e operador da central nuclear condenados a pagar 3,8ME

Fukushima: Governo e operador da central nuclear condenados a pagar 3,8ME
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 3,8 milhõesl de euros que devem ser distribuidos pelos milhares de antigos residentes na zona de Fukushima. A decisão foi tomada por um tribunal japonês. A indemnização deve ser paga pelo o governo nipónico e pelo operador da central nuclear.

O juiz considerou deu razão aos queixosos e considerou que houve negligência por parte do governo, uma vez o executivo e a Tokyo Electric Power Co., já tinham previsto que podia ocorrer um tsunami e que uma onda maior podia atingir a central nuclear. E mesmo sabendo disso, não tomaram as medidas necessárias.

Esta decisão da justiça é divulgada em plena campanha para as eleições legislativas antecipadas e pode prejudicaro atual primeiro-ministro conservador, Shinzo Abe. Recorde-se que em março de 2011, um sismo de magnitude 9,0 na escala de Richter fez cerca de 18.000 mortos e desaparecidos tendo provocado um desastre na central nuclear de Fukushima, onde três reatores entraram em fusão.

Este foi o pior acidente nuclear da história desde o desastre na central soviética de Chernobyl (na Ucrânia) em 1986.