A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Governo espanhol não considera resposta de Puidgemont clara

Governo espanhol não considera resposta de Puidgemont clara
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O governo espanhol não considerou válida a carta de resposta de Carles Puigdemont ao pedido de esclarecimento do primeiro ministro, Mariano Rajoy, sobre a declaração de independência da Catalunha.

O anúncio foi feito esta segunda-feira pelo ministro da Justiça, Rafael Catalá, que disse que o líder catalão não foi claro nas suas palavras.

De acordo com a carta enviada, Puigdemont pediu a Mariano Rajoy o fim da repressão policial sobre o povo catalão e uma reunião o mais rapidamente possível para o diálogo sobre uma solução para o futuro da região.

O prazo para a clarificação sobre a declaração da independência da Catalunha terminava esta segunda-feira, às 10h00 da manhã.

Mariano Rajoy deu a Carles Puigdemont até quinta-feira para retificar o enquadramento legal da região.