Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Nicolas Maduro reforça poder

Nicolas Maduro reforça poder
Tamanho do texto Aa Aa

O Partido Socialista Unido da Venezuela, do Presidente Nicolas Maduro, conquistou, nas eleições regionais de domingo, 17 dos 23 cargos de governador estadual.

De acordo com o Conselho Nacional Eleitoral a taxa de participação no escrutínio foi de mais de 61 por cento.

“Hoje o “chavismo” arrasou. Hoje temos 17 governadores. Hoje conseguimos 54 por centos dos votos. Hoje tivemos 61 por cento de participação. E hoje, a Pátria sai fortalecida. 75% dos governadores”, afirmou Maduro.

A oposição, que segundo a comissão de eleições vai governar apenas em cinco estados, recusou-se a aceitar os resultados e fala em fraude:

“É um sistema enganador, que não é transparente, que representa umas condições abusivas, por parte de quem detém o poder. Um processo eleitoral desequilibrado cujos resultados não refletem a realidade”, adiantou Gerardo Blyde, da Unidade Democrática.

A oposição exige uma auditoria ao escrutínio, nos 23 estados e convocou os seus candidatos a liderarem manifestações, esta segunda-feira, em protesto contra os resultados.