Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Ambientalistas exigem o fim do uso do carvão

Ambientalistas exigem o fim do uso do carvão
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas manifestaram-se, este sábado, em Bona, na Alemanha, para reclamar mais medidas dos Governos para combater o aquecimento global.

O protesto ocorre dois dias antes da 23.ª Conferência da Convenção das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP23), que se inicia na segunda-feira naquela cidade.


Como medida a adotar, os ambientalistas exigem o fim do uso do carvão na produção de eletricidade.

“Os Governos e os Estados internacionais não têm feito o suficiente. O Governo alemão, em particular, não fez nada para tornar possível uma proteção climática efetiva. Na verdade, só será possível quando deixarmos de usar carvão, e é por isso que ocupamos, com os nossos corpos, uma infraestrutura de lignito para parar a destruição onde ela começa”, afirma a porta-voz da organização “Ende Gelaende”, Jana Aljets.

Na conferência, os representantes de cerca de 200 países devem preparar um roteiro para facilitar o diálogo e permitir avaliar o progresso coletivo face aos objetivos do Acordo de Paris, alcançado em 2015.

Segunda a Organização Mundial de Meteorologia, as concentrações de dióxido de carbono na atmosfera atingiram um nível recorde em 2016 o que pode levar a uma possível “subida perigosa da temperatura”.

Com: AFP; Lusa