EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Polícia faz detenções em marcha nacionalista

Polícia faz detenções em marcha nacionalista
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Dia da Unidade Russa, 4 de novembro, é um feriado criado para substituir o de 7 de novembro, dia da Revolução Russa

PUBLICIDADE

A polícia russa prendeu dezenas de pessoas, na sequência de uma marcha que reuniu cerca de 300 elementos nacionalistas e de extrema-direita. As detenções deram-se depois de a manifestação ter sido cancelada pelos organizadores e de a polícia ter proibido o porte de cartazes com mensagens anti-Vladimir Putin. A polícia fez detenções igualmente numa outra marcha, também de ultraconservadores, desta vez contra o aborto.

O Dia da Unidade Russa, 4 de novembro, feriado criado para substituir o de 7 de novembro, dia da Revolução Russa, costuma ser aproveitado por grupos nacionalistas para manifestações.

Do lado das comemorações oficiais, o presidente Vladimir Putin e o líder da Igreja Ortodoxa, o patriarca Kiril, participaram numa cerimónia em que depuseram flores junto à estátua de Minin e Pozharsky, os líderes da rebelião russa contra a coligação polaca e lituana, no século XVII. É este episódio que o feriado, instituído em 2005 por Putin, pretende assinalar. Quanto ao centenário da revolução bolchevique, no dia 7 de novembro, Putin já disse que não haverá qualquer comemoração oficial, embora os media de todo o mundo estejam a lembrar a data.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin substitui Shoigu porque quer Ministério da Defesa "aberto à inovação"

Putin substitui ministro da Defesa. Shoigu será secretário no Conselho de Segurança da Rússia

Putin reconduz Mishustin no cargo de primeiro-ministro da Rússia