Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Síria compromete-se com Acordo de Paris

Síria compromete-se com Acordo de Paris
Tamanho do texto Aa Aa

A Síria comprometeu-se, esta terça-feira, a juntar-se aos países que assinaram o Acordo de Paris sobre alterações climáticas, firmado em 2015. O anúncio foi feito pelo delegado sírio presente na 23ª conferência sobre alterações climáticas, COP23, que está a decorrer em Bona, na Alemanha:

“Eu gostava de afirmar o compromisso da República Árabe da Síria para com o Acordo de Paris, sobre as alterações climáticas, em alcançar as metas internacionais e agir com justiça e responsabilidade perante cada país que assinou o acordo”, afirmou Wadah Katmawi, vice-ministro da Administração Local e do Ambiente sírio.

Esta decisão deixa os EUA isolados. Barack Obama comprometeu-se e assinou o documento mas Donald Trump deu o dito por não dito e, em junho anunciou a decisão de retirar os Estados Unidos do Acordo de Paris. A Nicarágua, o outro país que ainda não tinha assinado o documento fê-lo no mês passado.

Em Bona, próximo do local onde decorre a conferência alguns manifestantes pediam uma luta mais acesa contra as emissões de CO2.