Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Portia de Rossi acusa Steven Seagal de assédio sexual

Portia de Rossi acusa Steven Seagal de assédio sexual
Tamanho do texto Aa Aa

O ator Steven Seagal é a mais recente celebridade norte-americana a ser acusada de assédio sexual.

Portia de Rossi, de 44 anos, denuncia o protagonista de “Força em alerta” ou “Duro de Roer” de, alegadamente, ter aberto o fecho das calças durante uma audição para um filme.

A atriz de “Ally McBeal” e de “Scandal” fez a denuncia no Twitter explicando que o alegado assédio ocorreu no escritório de Seagal.


De Rossi junta-se a outras atrizes que denunciaram, já, o comportamento de Steven Seagal. Julianna Margulies partilhou, também, um episódio que, alegadamente ocorreu há mais de duas décadas.

A atriz de “The Good Wife” ressalva que que não foi “violada ou magoada” mas que ficou muito assustada após um encontro com Seagal num quarto de hotel. O ator estaria armado.


Margulies afirma que terá sido essa uma das razões que, anos mais tarde, a levou a recusar um encontro com o produtor Harvey Weinstein.

No rol de mulheres que acusam Steven Seagal de assédio sexual encontra-se, também, a atriz Jenny McCarthy,Rae Dawn Chong, Kayden Nguyen e a jornalista Lisa Guerrero.


Ellen DeGeneres, mulher de Portia de Rossi, manifestou já apoio e afirmou estar “muito orgulhosa”.