EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Portia de Rossi acusa Steven Seagal de assédio sexual

Portia de Rossi acusa Steven Seagal de assédio sexual
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Portia de Rossi denuncia o protagonista de "Força em alerta" de, alegadamente, ter aberto o fecho das calças durante uma audição para um filme.

PUBLICIDADE

O ator Steven Seagal é a mais recente celebridade norte-americana a ser acusada de assédio sexual.

Portia de Rossi, de 44 anos, denuncia o protagonista de “Força em alerta” ou “Duro de Roer” de, alegadamente, ter aberto o fecho das calças durante uma audição para um filme.

A atriz de “Ally McBeal” e de “Scandal” fez a denuncia no Twitter explicando que o alegado assédio ocorreu no escritório de Seagal.

My final audition for a Steven Segal movie took place in his office. He told me how important it was to have chemistry off-screen as he sat me down and unzipped his leather pants. I️ ran out and called my agent. Unfazed, she replied, “well, I didn’t know if he was your type.”

— Portia de Rossi (@portiaderossi) November 8, 2017

De Rossi junta-se a outras atrizes que denunciaram, já, o comportamento de Steven Seagal. Julianna Margulies partilhou, também, um episódio que, alegadamente ocorreu há mais de duas décadas.

A atriz de “The Good Wife” ressalva que que não foi “violada ou magoada” mas que ficou muito assustada após um encontro com Seagal num quarto de hotel. O ator estaria armado.

Julianna Margulies: Steven Seagal, Weinstein tried to lure me to hotel rooms https://t.co/tLddZIF8dy

— Julianna Margulies (@JMargulies_) November 5, 2017

Margulies afirma que terá sido essa uma das razões que, anos mais tarde, a levou a recusar um encontro com o produtor Harvey Weinstein.

No rol de mulheres que acusam Steven Seagal de assédio sexual encontra-se, também, a atriz Jenny McCarthy,Rae Dawn Chong, Kayden Nguyen e a jornalista Lisa Guerrero.

Aaaand another one.
More actresses join me in publicly sharing our horrible and humiliating experiences with Steven Seagal. Thank you Jenny McCarthy, Rae Dawn Chong, Julianna Margulies & now Portia de Rossi. #MeToo#Enough#NoMorehttps://t.co/kjRdxImJHxhttps://t.co/37oGkswqGV

— Lisa Guerrero ?? (@4lisaguerrero) November 9, 2017

Ellen DeGeneres, mulher de Portia de Rossi, manifestou já apoio e afirmou estar “muito orgulhosa”.

I’m proud of my wife. https://t.co/NABbOJoBrf

— Ellen DeGeneres (@TheEllenShow) November 9, 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden apoia o filho após condenação, mesmo sem indulto. "Estamos orgulhosos do homem que ele é hoje"

Biden chama nações "xenófobas" à Índia e Japão

EUA: estudantes universitários são presos por protestos pró-palestinos