A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Marcha de 100 mil nacionalistas marca Dia Nacional na Polónia

Marcha de 100 mil nacionalistas marca Dia Nacional na Polónia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do Conselho Europeu Donald Tusk foi o convidado de honra, este ano, dos festejos do Dia Nacional da Polónia. Tusk voltou ao país onde foi primeiro-ministro entre 2007 e 2014 para participar nas comemorações, em Varsóvia, ao lado do presidente Andrzej Duda.

O Dia Nacional celebra a independência da Polónia, conseguida no fim da Primeira Guerra Mundial. Se a presença de Tusk foi importante, o mais marcante foi a marcha que juntou cem mil pessoas na capital – um desfile tradicionalmente organizado pela extrema-direita, mas ao qual se juntam muitos apoiantes do partido conservador no poder, o Lei e Justiça. A oposição, dividida, organizou várias marchas paralelas, em que os motes principais foram o antifascismo e a defesa da democracia.