Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Vocalista dos Eagles of death metal regressa a Paris

Vocalista dos Eagles of death metal regressa a Paris
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Dois anos depois dos atentados França, e o vocalista dos Eagles of death metal, relembraram as 130 vítimas dos piores ataques em solo francês desde a II Guerra Mundial.

Durante toda a manhã a comitiva presidencial percorreu os locais visados pelos jihadistas a 13 de novembro de 2015: os cafés Le Carillon, Le Petit Cambodge, La Bonne Bière, Le Comptoir Voltaire e La Belle Équipe e a sala de concertos Bataclan.

O chefe de Estado francês tentou confortar os familiares das vítimas mortais. Entre os presentes, e visivelmente emocionado, estava Jesse Hughes, o vocalista da banda norte-americana Eagles of death metal que atuava no Bataclan quando se deu a tragédia.


Em Saint-Denis Emmanuel Macron, ladeado por diversas figuras de Estado e pelo ex-presidente François Hollande, colocou uma coroa de flores junto à placa de homenagem a Manuel Dias, a vítima portuguesa do ataque no Stade de France. Fez-se um minuto de silêncio antes do presidente francês cumprimentar os familiares do falecido, e de ficar de mão estendida frente ao filho de Manuel Dias que se recusou cumprimentá-lo. Um gesto de “resistência cívica”, esclareceu Michaël Dias.