Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Futuro imediato de Puigdemont em suspenso

Futuro imediato de Puigdemont em suspenso
Tamanho do texto Aa Aa

Não foi desta que o presidente destituído da Catalunha, Carles Puigdemont, e quatro antigos ministros ficaram a saber se vão ser detidos e extraditados na sequência do mandado de captura internacional emitido por Espanha.

Um juiz belga de Bruxelas marcou uma nova audiência para o dia 4 de dezembro para escutar os argumentos da Defesa.

Carles Puigdemont e os ex-ministros escaparam para a Bélgica depois do governo e o parlamento catalães terem sido dissolvidos, na sequência da aplicação do artigo 155 da constituição por parte do governo central.

Madrid marcou novas eleições para o dia 21 do próximo mês.

Há poucos dias Puigdemont referiu a um jornal espanhol que está disposto a aceitar uma solução que não passe pela independência.