Papa Francisco critica indiferença perante a pobreza

Papa Francisco critica indiferença perante a pobreza
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Sumo Pontífice apelou aos crentes para que não ignorem a pobreza nem descartem responsabilidades.

PUBLICIDADE

O Papa Francisco criticou a indiferência da sociedade no primeiro “Dia mundial dos pobres”.

Perante cerca de sete mil necessitados, na Basílica de São Pedro, no Vaticano, o Sumo Pontífice apelou aos crentes para que não ignorem a pobreza nem descartem responsabilidades. Francisco afirmou que dizer “que isso não me diz respeito nem é assunto meu, é culpa da sociedade”-

We need to encounter the poor and learn how to share so that it becomes a way of life.

— Pope Francis (@Pontifex) November 17, 2017

“Ali, entre os pobres, manifesta-se a presença de Jesus, que, embora rico, tornou-se pobre. Por essa razão, neles, na sua fraqueza, existe um poder salvador. Se aos olhos do mundo eles têm pouco valor, são eles que nos abrem o caminho do céu. Eles são o nosso “passaporte para o paraíso”. Para nós, é um dever evangélico cuidar deles”, afirma o líder da Igreja Católica.

O Papa almoçou, ainda, com 1500 pobres. 2500 foram distribuídos pelos refeitórios das várias instituições pontifícias.

A iniciativa de Francisco surgiu depois do encerramento do Jubileu da Misericórdia, no ano passado.

“Jesucristo siendo rico se hizo pobre para enriquecernos con su pobreza”. Esta frase evangélica quiere impulsarnos a vivir hondamente lo que el Papa Francisco nos ha invitado a vivir: La Jornada Mundial del Pobre. pic.twitter.com/36kcDEEfaj

— Diócesis San Isidro (@DiocesisSI) November 19, 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente francês lança plano anti pobreza

Papa Francisco cancela presença na COP28 por razões de saúde

Transsexuais podem ser batizados