Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Oumuamua fascina cientistas

Oumuamua fascina cientistas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Detetado em outubro, o misterioso objeto em forma de charuto é afinal originário de um outro sistema solar. Essa é pelo menos a convicção dos cientistas exposta num artigo publicado pela revista Nature. Uma conclusão assente, entre outros, na forma, no brilho e nos cálculos da órbita do asteroide Oumuamua como foi batizado e que significa mensageiro.

Com cerca de 400 metros de comprimento, o primeiro objeto interestelar detetado é cerca de dez vezes mais comprido do que largo. Os investigadores admitem que tenha uma composição rochosa ou com elevado conteúdo em metais.

Dois telescópios espaciais da NASA – Hubble e Spitzer – estão no encalce do Mensageiro. As observações vão continuar até que o asteroide seja praticamente indetetável, o que deve acontecer em meados de dezembro

Esta segunda-feira, o asteroide viajava a uma velocidade superior a 38 quilómetros por segundo e encontrava-se a cerca de 200 milhões de quilómetros da Terra.

Jeremy Wilks/Euronews:“Este asteroide está a fascinar os cientistas, que nunca viram nada parecido. E para já não têm ideia como terá sido formado. Mas há outras questões. Os asteroides são por norma bastante ativos e é comum verem-se vapores à superfície. Mas isso não acontece com este. É bilhete só de ida ao nosso sistema solar e é tempo para descobrir mais”