Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Governo venezuelano e oposição continuam à procura de um acordo

Governo da Venezuela e oposição reunidos em Santo Domingo
Governo da Venezuela e oposição reunidos em Santo Domingo
Tamanho do texto Aa Aa

Governo e oposição da Venezuela vão voltar a reunir-se

O governo venezuelano de Nicolas Maduro e a oposição concluíram, sábado à noite, uma primeira ronda de negociações na República Dominicana. Não houve acordo mas comprometeram-se a reunirem-se novamente a dia 15 de dezembro.

Num comunicado comum é dito que existe "a vontade" de encontrar uma solução para a crise política e económica que atinge o país.

"A primeira grande notícia é que nos sentámos (para negociar). A primeira grande notícia é que discutimos arduamente temas de grande interesse para a Venezuela," afirmou Jorge Rodríguez, ministro da Comunicação da Venezuela

"Não viemos para negociar, nem para construir um futuro em nome dos venezuelanos. O que viemos fazer foi criar as condições para que, nos próximos meses, cada venezuelano possa escolher, nas urnas, pela mudança, por um caminho de futuro para o nosso país," declarou o presidente do Parlamento venezuelano, Julio Borges:

Os membros da Mesa para a Unidade Democrática (MUD), uma coligação da oposição, pedem a abertura de um "corredor humanitário" para importar alimentos e remédios, assim como "Condições justas" para as eleições presidenciais de 2018.

O governo do presidente Maduro exige que os líderes da oposição intercedam junto dos Estados Unidos para acabarem com as sanções.