Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Catalunha: Junqueras e Forn ficam em prisão preventiva

Catalunha: Junqueras e Forn ficam em prisão preventiva
Tamanho do texto Aa Aa

A justiça espanhola decidiu manter em prisão preventiva o antigo vice-presidente da Catalunha, Oriol Junqueras, e o ex-conselheiro do Interior, Joaquin Forn.

A decisão é conhecida na véspera do arranque da campanha eleitoral para as autonómicas - agendadas para 21 de dezembro na Catalunha - e é justificada com o risco de repetição de crime.

O Supremo Tribunal decidiu, ainda, libertar os restantes antigos ministros catalães - seis no total - Raül Romeva, Carles Mundó, Dolors Bassa, Meritxell Borràs, Josep Rull e Jordi Turull - sob uma fiança de 100 mil euros.

Em prisão preventiva vão ficar, também, os dirigentes da Òmnium Cultural e da Associação Nacional da Catalunha, Jórdi Sànchez e Jordi Cuixart.

No total, quatro dos independentistas que estão a ser investigados por delitos de rebelião, secessão e peculato vão ficar fora da campanha eleitoral que começa à meia-noite. Da lista, apenas Jordi Cuixart não se apresentava como candidato.