Última hora

Justiça espanhola retira mandado internacional para Puigdemont

Carles Puigdemont
Carles Puigdemont
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Supremo Tribunal Espanhol retira mandado de captura internacional para Carles Puigdemont e quatro dos seus membros de governo, Antonio Comin, Lluis Puig, Meritxell Serret e Clara Ponsatíles, por considerar que estes mostraram vontade de regressar a Espanha.

Os cinco encontram-se na Bélgica desde a declaração unilateral de independência do parlamento catalão no dia 27 de outubro, considerada ilegal pela justiça espanhola.

De acordo com o juiz Pablo Larena, esta decisão evita que o caso seja julgado por mais que uma instância da União Europeia, o que colocava em causa a continuidade do processo e poderia dar origem a respostas contraditórias.

Mantém-se no entanto em vigor o mandado de captura em território espanhol, o que significa que Puigdemont e os seus antigos ministros serão detidos quando regressarem ao país.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.