EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Médicos voltam a sair às ruas na Bolívia

Reuters
Reuters
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Profissionais de saúde exigem alteração de lei que penaliza médicos e funcionários do setor por atos de negligência

PUBLICIDADE

O conflito já dura desde o fim de Novembro, altura em que o senado apresentou um projeto lei que diz que os médicos  e funcionários do setor serão penalizados por práticas negligentes.

Desde que os médicos decidiram fazer greve, o Sistema Nacional de Saúde do país está parcilamente paralisado.

A Ministra da Saúde, Ariana Campero, pediu ao governo para reverter lei, a fim de evitar uma situação de caos no setor da saúde nacional.

O governo não alterou a lei, o caos instalou-se e os médicos prometem continuar a sair à rua até serem ouvidos pelo presidente do país, Evo Morales. 

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Transformers" e cultura andina revolucionam arquitetura na Bolívia

Greve em Itália após explosão mortal em central hidroelétrica

Navio de cruzeiro com 1500 passageiros retido em Barcelona porque 69 bolivianos têm vistos falsos