A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Deportados vários migrantes de campos de detenção líbios

Deportados vários migrantes de campos de detenção líbios
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 100 migrantes foram enviados de volta a casa no inicio desta semana. O grupo foi deportado para a Gâmbia num voo fretado para o efeito. 

Os migrantes encontravam-se num campo de detenção na Líbia e aceitaram as condições do programa voluntário da Organização Internacional para as Migrações (OIM). 

A medida ajuda a aliviar os centros de detenção no país norte-africano e permite que os migrantes sejam protegidos, sobretudo das redes de tráfico de Seres Humanos. 

A OIM diz ter ajudado 15 mil pessoas a regressar a casa só em dezembro de 2017. 

Todos os anos, milhares de migrantes e refugiados atravessam o deserto e o Mediterrâneo, em busca de uma vida melhor. Muitos morrem durante o trajeto ou sobrevivem a maus tratos e situações de extrema violência.