EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Hungria e Polónia rejeitam migração da UE

Hungria e Polónia rejeitam migração da UE
Direitos de autor 
De  Luis Guita
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Hungria e Polónia rejeitam migração da UE. Os primeiros-ministros da Hungria e Polónia concordaram em fazer uma aliança económica e de segurança, e recusar as quotas de imigração da União Europeia.

PUBLICIDADE

A política de migração da UE "não está a funcionar, de fato, fracassou espetacularmente", disse o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán em entrevista coletiva após negociações com o primeiro-ministro polaco, Mateusz Morawiecki. Os dois concordaram em fazer uma aliança económica e de segurança, e recusar as cotas de imigração da União Europeia.

"É óbvio que os europeus não querem a imigração, enquanto vários líderes europeus continuam a pressionar por uma política de imigração fracassada. A posição húngara, que expressei hoje, é que devemos continuar a proteger as fronteiras, a migração tem de ser interrompida e não há necessidade de os imigrantes virem," afirmou Viktor Orbán.

"Em termos de migração e quotas a serem impostas aos países membros da União Europeia (UE), rejeitamos fortemente essa abordagem que infringe as decisões soberanas dos Estados membros. Somos de opinião que a Comissão Europeia não tem o direito de implementar tais soluções," declarou Mateusz Morawiecki.

A Polónia foi eleita como um dos cinco novos membros não permanentes do Conselho de Segurança da ONU em 2017. O primeiro-ministro húngaro espera que os países da Europa Central possam aproximar-se da política mundial através da Polónia, um país membro do Grupo de Visegrad.

No encontro, os primeiros-ministros da Polónia e Hungria enfatizaram a importância de fortalecer a independência económica, realçando que o eixo franco-alemão é importante na União Europeia mas não o único. No futuro, eles gostariam de fortalecer as cooperações germano-centro-europeias.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Conjunto de mentiras", diz MNE da Hungria sobre relatório europeu

Nova lei sobre detenção de migrantes pela polícia belga em fase final

Sistema de quotas para refugiados atrasa reforma da política de asilo