Última hora

Última hora

Noruegueses a Trump: "Não, obrigado!"

Em leitura:

Noruegueses a Trump: "Não, obrigado!"

Noruegueses a Trump: "Não, obrigado!"
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente Donald Trump terá dito na quinta-feira que preferiria receber nos Estados Unidos mais imigrantes da Noruega e não de países como El Salvador, Haiti e nações africanas, de acordo com alguns dos senadores presentes na reunião na Casa Branca onde foi discutido um projeto de lei migratório.

A declaração de amor de Trump não parece ter despertado reciprocidade entre os noruegueses.

O jornalista norueguês Ronnie Baraldsnes decidiu perguntar a alguns residentes de Oslo se gostariam de imigrar para os Estados Unidos.

Baraldsnes ouviu respostas como "Não quero ir viver para os Estados Unidos", "Não tenho nada a fazer lá" e "Não, não enquanto Trump lá estiver."

No século IXX imigraram para os Estados Unidos centenas de milhares de noruegueses.

Segundo o instituto de estatísticas norueguês SSB, 502 noruegueses, de uma população de 5,3 milhões de pessoas, emigraram para os Estados Unidos em 2016, ou seja, 59 a menos do que no ano anterior.