Última hora

Última hora

Vítmas do 'Caso Lactalis' devem queixar-se também dos supermercados

Em leitura:

Vítmas do 'Caso Lactalis' devem queixar-se também dos supermercados

O grupo Lactalis é um gigante mundial com origem num negócio familiar
@ Copyright :
REUTERS/Stephane Mahe
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de famílias ponderam apresentar uma queixa na justiça contra as cadeias de supermercados que venderam produtos da marca Lactalis, depois de as autoridades terem imposto a sua retirada das prateleiras.

A descoberta de salmonelas em embalagens de leite em pó para bebé deixou mais de 30 crianças doentes em França e deve levar a inúmeros processos contra a empresa agro-alimentar. Existem ainda relatos de uma criança doente em Espanha e outra na Grécia.

De acordo com Quentin Guillemain, presidente da associação das vitímas, as previsíveis queixas representam a vontade das famílias em saber a real extensão do problema.

"É hora de finalmente saber onde estão essas caixas, onde foram distribuídas, quais os países afetados e é hora de fazer o que é necessário. Porque, obviamente, se descobrimos hoje que 83 países foram afetados, podemos imaginar que a situação não é do conhecimento de todos", disse.

O presidente executivo da Lactalis, Emmanuel Besnier, revelou já numa entrevista na imprensa francesa que podem estar em causa mais de 12 milhões de embalagens e que a empresa está preparada para indemnizar todas as famílias que foram afetadas.

No entanto, os representantes das vítimas já adiantaram que o dinheiro não vai servir para comprar o silêncio em relação ao escândalo.

Paralelamente, a advogada da associação, Jade Dousselin, assegurou que as vítimas fora de França também não serão esquecidas e terão oportunidade de lutar na justiça pela sua causa.

"A partir do momento em que a infração foi cometida em território francês, em Mayenne, e que os alegados perpetradores, ou seja, o grupo Lactalis, tem sede em França, as vítimas, quer sejam gregas, espanholas ou chinesas, terão a possibilidade de apresentar uma queixa em França junto do Ministério Público de Paris."

A Lactalis é o segundo maior grupo agro-alimentar de França e emprega mais de 70 mil trabalhadores. O caso já está sob investigação das autoridades francesas e pode também envolver os supermercados Carrefour, Auchan e Leclerc.