Última hora
This content is not available in your region

Encomenda da Emirates salva produção do A380

Encomenda da Emirates salva produção do A380
Tamanho do texto Aa Aa

O Airbus A380, maior avião comercial do mundo, foi salvo pela Emirates. A companhia aérea do Dubai anunciou um contrato para a compra de 20 destes aparelhos, com opção para a compra de mais 16. Esta encomenda evitou que a produção do A380 parasse, como se temia, já que o avião não tinha mais clientes.

Estes novos aparelhos vêm juntar-se aos mais de cem A380 que a Emirates tem na frota. O contrato está estimado em 13 mil milhões de euros. Os aviões vão começar a ser entregues em 2020. A Airbus espera agora ter encomendas de outras companhias, que permitam continuar o programa para além de 2030. O A380 entrou ao serviço em 2007. Há atualmente 222 a operar, de 317 encomendas feitas antes deste novo negócio.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.