A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Macau pode perder monopólio da industria do jogo

Macau pode perder monopólio da industria do jogo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Macau pode deixar de ter o monopólio da industria do jogo. As autoridades chinesas estão a estudar a possibilidade de legalizar o jogo na Ilha de Hainan, sul da China, conhecida por ser uma espécie de "Havai" asiático. E não é por acaso. De acordo com fontes governamentais, em 2016, a ilha tropical recebeu cerca de 60 milhões de turistas, o que representa um aumento de 13 por cento face ao ano anterior. Ainda assim, Pequim defende que a província precisa de um impulso económico e a industria do jogo pode ser a solução.

Uma proposta que promete afetar as receitas da capital mundial do jogo que em 2017 inverteu a tendência de queda e registou um crescimento na ordem dos 19 por cento.

A Região Especial Administrativa de Macau foi administrada por Portugal até 1999 é, para já, a única região da China onde os casinos são legais.