EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

ONU alerta para agressões sexuais em campos de refugiados na Grécia

ONU alerta para agressões sexuais em campos de refugiados na Grécia
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

ACNUR diz ter recebido 622 testemunhos de violência sexual nas ilhas gregas em 2017

PUBLICIDADE

A ONU diz que os requerents de asilo - em particular mulheres e crianças - correm um elevado risco de agressões sexuais devido às condições precárias e de insegurança nos centros de acolhimento sobrelotados em várias ilhas da Grécia.

O alerta foi dado esta sexta-feira pela porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, Cécile Pouilly:

"A situação é particularmente preocupante nos Centros de Receção e Identificação de Moria e Vathy, nas ilhas de Lesbos e Samos, onde milhares de refugiados estão abrigados em condições impróprias e com segurança inadequada. Os relatos de assédio sexual são particularmente elevados em Moria."

A agência da ONU diz ter recebido, em 2017, testemunhos de 622 migrantes que dizem ter sido vítimas de violência sexual, um terço dos quais já depois de terem entrado na Grécia. Mas a porta-voz da ONU acredita que muitos outros ficam no silêncio por vergonha ou medo de discriminação, estigmatização ou represálias.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

A viagem dos Hanan: da Síria para a Grécia e daí para a Irlanda

Nova tragédia em dois naufrágios de barcos a caminho da Grécia

Polícia grega salva 20 migrantes e prende contrabandistas