A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

África do Sul vira página política do país

África do Sul vira página política do país
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Esperam nove anos por este momento. A África do sul tem um novo chefe de Estado e nas ruas de Joanesburgo, foram muitos os que quiseram dar as boas vindas a Cyril Ramaphosa.

A luz verde foi dada pelo Parlamento, esta quinta-feira, depois de Jacob Zuma não ter resistido à pressão para abandonar o cargo.

O até agora, vice-presidente da África do Sul e, desde dezembro, líder do Congresso Nacional Africano, o partido de Nélson Mandela, elegeu como prioridade o combate à corrupção.

"Estou muito contente e vim aqui por Ramaphosa, o meu Presidente. Estou muito entusiasmado" refere um sul-africano.

"Sinto-me uma mulher rica. É o dia mais feliz da minha vida. Penso que Ramaphosa vai melhorar a vida dos sul-africanos" adianta uma sul-africana.

Sumitra Nydoo/Euronews: " Os deputados deram as boas vindas calorosas a Cyril Ramaphosa e os sul-africanos acreditam que se possa tornar o rosto da mudança."

Trabalho, humildade e dignidade é o que promete o novo homem forte da África do Sul.

Ramaphosa vai assegurar a presidência do país até às eleições de 2019.