Última hora

Ramaphosa em discurso contra a corrupção

Ramaphosa em discurso contra a corrupção
Direitos de autor
reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

De mão no peito e acompanhado pela primeira dama, Cyril Ramaphosa, no primeiro discurso oficial como presidente do país, deixou a promessa de querer levar África do Sul para longe das linhas da corrupção.

"Estamos determinados a construir uma sociedade definida por decência e integridade que não vai tolerar o roubo de recursos por criminosos, recursos arduamente ganhos pelo povo.", disse Ramaphosa. 

Num discurso em espécie de crítica ao governo de Zuma, o novo chefe de estado trouxe palavras de esperança aos sul-africanos.

Ramaphosa, de 65 anos, era advogado e foi uma das maiores figuras na negociação do fim do Apartheid. Depois de perder umas eleições presidenciais, virou-se para os negócios e tornou-se um dos homens mais ricos da África do Sul.

Agora enfrenta o cargo mais elevado do país: a cadeira da presidência.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.