Última hora

Última hora

Manifestações contra o uso de armas nos EUA continuam

Em leitura:

Manifestações contra o uso de armas nos EUA continuam

Manifestações contra o uso de armas nos EUA continuam
@ Copyright :
reuters
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de pessoas, incluíndo sobreviventes do ataque da semana passada, na Escola secundária de Parkland, desfilaram pelas ruas de Tallahassee, a capital do estado da Flórida, onde decorreu a tragédia.

A marcha começou silenciosa e rapidamente se transformou num protesto.

Os mesmos gritos de revolta foram ouvidos frente ao capitólio, em Washington, onde centenas de adolescentes ergueram cartazes com uma única mensagem: mudança na lei sobre uso de armas.

O medo que um ataque destes volte a acontecer acaba por ser a razão que leva estes jovens à rua.

Uma das manifestantes que estava à porta do Capitólio, disse aos jornalistas que a razão que a levava ali era o medo. "Tenho medo de ser a próxima vítima. Tenho medo que a minha família tenha de ouvir nas notícias que eu não consegui escapar. Estou muito zangada com o facto de ainda não se ter feito nada.", disse SidneyAcuff.

Os protestos começaram logo no dia seguinte ao ataque e têm aumentado, na esperança que chegue uma resposta da Casa Branca.

FOTOGALERIA de protestos por todo o país:

Reuters
Jovem em protesto nas ruas da capital do estado da FlóridaReuters

Reuters
Jovem segura cartaz onde se lê "Nunca mais" - FlóridaReuters

Reuters
Melissa Conrad-Freed, ex-aluna da Escola Secundária de Parkland, segura fotografias de vítimasReuters

Reuters
Alunos sobreviventes do ataque na reunião com os legisladores norte-americanos em Tallahassee, na FlóridaReuters

Reuters
Alunos sobreviventes do ataque na reunião com os legisladores norte-americanos em Tallahassee, na FlóridaReuters

Reuters
Alunos sobreviventes do ataque na reunião com os legisladores norte-americanos em Tallahassee, na FlóridaReuters

Reuters
Aluna sobrevivente do ataque segura fotografia de um amigo que morreuReuters

Reuters

Reuters
Jovem segura cartaz onde se lê: "Serei a próxima?"Reuters

Reuters
Sobreviventes do ataque em WashingtonReuters

Reuters
Aluna segura cartaz onde se lê: "O Medo não tem lugar nas nossas escolas" - WashingtonReuters

Reuters
Jovem a acender vela no memorial frente ao capitólio da Carolina do NorteReuters

Reuters
Polícia a fotografar memorial - Carolina do NorteReuters