Partido político das FARC desiste das presidenciais

Partido político das FARC desiste das presidenciais
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A antiga guerrilha colombiana Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia justificou a decisão com os problemas de saúde do candidato Rodrigo Londoño, mais conhecido por Timochenko

PUBLICIDADE

A Força Alternativa Revolucionária Comum, partido político da antiga guerrilha colombiana FARC desistiu da corrida às eleições presidenciais agendadas para maio. O anuncio foi feito depois de Rodrigo Londoño, mais conhecido por Timochenko, atual candidato do partido ter sido submetido a uma operação.

O quadro clínico do histórico líder guerrilheiro, de 59 anos, está a evoluir de forma favorável, mas a contestação de que foi alvo durante a campanha eleitoral e o facto de ocupar o último lugar nas intenções de voto terão contribuído para a tomada de decisão.

O partido político que nasceu da antiga guerrilha está, agora, de olhos postos nas legislativas colombianas previstas próximo domingo.

Em 2017, o grupo de guerrilheiros rebeldes passou a partido político na sequência do acordo de paz negociado com o Presidente colombiano Juan Manuel Santos,

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Vitória de Duque nas presidenciais pode comprometer acordo com FARC

Presidenciais eslovacas: vitória de Pellegrini reforça governo eurocético de Robert Fico

Presidenciais eslovacas são teste à posição de Bratislava na União Europeia