Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Turquia controla 60% da região Síria de Afrine

Turquia controla 60% da região Síria de Afrine
Direitos de autor
REUTERS/ Khalil Ashawi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia controla, já, mais de 60% da região curda de Afrine, no noroeste da Síria.

Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, as forças de Ancara, ajudadas por milícias curdas sírias, estão a cerca de quatro quilómetros da entrada da cidade.

A Turquia lançou a ofensiva militar, a 20 de janeiro, com o objetivo de expulsar a milícia curda Unidades de Proteção do Povo (YPG), aliada dos Estados Unidos da América no combate ao grupo Estado Islâmico.

De acordo com o analista político, Mazen Bilal, "Estas são táticas feitas à pressa, e é uma coisa mais política do que militar. Embora as forças governamentais pró-sírias não possam resistir ao avanço do exército turco, isso não significa necessariamente que a operação, em Afrine, seja fácil porque haverá enormes custos humanos e políticos"

De acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, desde o início da operação "Ramo de Oliveira", cerca de 900 pessoas morreram, entre civis, militantes e militares.

No sábado, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou que ofensiva vai estender-se até à fronteira com o Iraque, abrangendo outros locais controlados pelos curdos.