Última hora

Última hora

Massacre de My Lai aconteceu há meio século

Em leitura:

Massacre de My Lai aconteceu há meio século

Massacre de My Lai aconteceu há meio século
Tamanho do texto Aa Aa

Aconteceu há 50 anos. Centenas de civis vietnamitas desarmados foram abatidos na aldeia My Lai por um dos pelotões da Companhia norte-americana Charlie. Um dos capítulos mais negros da guerra do Vietname.

Foram poucos os que sobreviveram para contar o que aconteceu. Pham Thi Thuan escapou com vida, mas perdeu o pai e viu ser dizimada uma parte da população. Meio século depois, continua a ser difícil falar sobre o que aconteceu a 16 de março de 1968.

"170 pessoas foram abatidas a tiro. Mataram toda a gente. Eles dispararam e depois esperaram um minuto e voltaram a abrir fogo e, assim, sucessivamente. O meu pai que tinha mais de 80 anos ficou ferido e depois caiu. Eu fiquei muito quieta, como se estivesse morta, e olhei para ele. Vi-o, mas não me atrevi a dizer nada com receio que me vissem a mim e me matassem. Queria avisá-lo para que não se mexesse para que não voltassem a disparar. Mas eles repararam que ele estava vivo e dispararam" afirma a sobrevivente.

O número exato de vítimas continua a ser uma incógnita. Estima-se que entre 300 a 500 pessoas tenham sido mortas. Duas dezenas terão sobrevivido, em parte, graças à ajuda de soldados norte-americanos que recusaram abater os civis. O testemunho de alguns acabou por ser decisivo para levar o caso à justiça. Mais de duas dezenas de pessoas foram constituídas arguidas, mas apenas um oficial acabou por ser condenado a prisão perpétua. Uma sentença que o Tenente William Caley acabaria por não cumprir graças a uma amnistia.