This content is not available in your region

Fisco espanhol pede 5 anos de prisão para Xabi Alonso

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com Lusa
euronews_icons_loading
Xabi Alonso cedeu os direitos de imagem a uma empres aportuguesa
Xabi Alonso cedeu os direitos de imagem a uma empres aportuguesa   -   Direitos de autor  Arquivo

A Autoridade Tributária espanhola pediu cinco anos de prisão para o ex-futebolista Xabi Alonso por crimes fiscais cometidos entre 2010 e 2012, informou esta quarta-feira o Ministério Público de Espanha.

A mesma fonte explicou que a secção de delitos económicos do departamento do Fisco de Madrid acusa o antigo futebolista internacional espanhol de três delitos fiscais, cometidos durante o período em que representava o Real Madrid.

Um tribunal de Madrid reabriu a investigação judicial a Xabi Alonso, praticamente um ano depois de o Ministério Público de Espanha ter recorrido do arquivamento da denúncia sobre o ex-futebolista de Bayern Munique, Real Madrid, Liverpool, Eibar e Real Sociedad.

O antigo médio espanhol foi um dos futebolistas denunciados por alegadas fraudes fiscais nos contratos de direitos de imagem, juntamente com os portugueses Ricardo Carvalho e Fábio Coentrão, entre outros.

O Fisco espanhol acusa Xabi Alonso de ter vendido os direitos de imagem a uma empresa radicada na Madeira, alegando tratar-se de transação 'simulada', mas que o juiz de instrução arquivou o processo, por considerar que a região autónoma portuguesa não é um paraíso fiscal e que o ex-jogador apenas aproveitou a "perícia" dos seus assessores para encontrar uma solução mais vantajosa para os seus interesses.

Xabi Alonso deixou o futebol profissional no final da época passada, após dois anos e meio ao serviço do Bayern de Munique.

(RPC)

Editor de vídeo • Francisco Marques

Outras fontes • El Pais