Última hora

Última hora

Confronto em Gaza: Israel rejeita investigação pedida pela ONU

Em leitura:

Confronto em Gaza: Israel rejeita investigação pedida pela ONU

Confronto em Gaza: Israel rejeita investigação pedida pela ONU
Tamanho do texto Aa Aa

As Nações Unidas querem investigar as 17 mortes que resultaram do confronto de sexta-feira passada, na Faixa de Gaza, mas o ministro da defesa de Israel rejeita tal investigação.

O pedido urgente para averiguar o conflito entre palestinianos e soldados israelitas foi feito por António Guterres, depois duma reunião de urgência do Conselho, no sábado passado. Em resposta, o governo de israel não dá hipotese a qualquer investigação.

Os protestos foram organziados pelo Hamas, movimento que controla a Faixa de Gaza desde 2007. Era suposto terem sido protestos sem violência, o que acabou por nao acontecer. Morreram 17 palestinianos e 1400 pessoas ficaram feridas, no total.

O grupo exige o "direito de retorno" dos refugiados palestinianos e contesta o bloqueio do território.

Israel acusa o grupo de agir violentamente durante o confronto, já o presidente da Autoridade Palestiniana responsabiliza Israel pela violência do conflito.