Última hora

Última hora

Carles Puigdemont quer regressar à Bélgica

Em leitura:

Carles Puigdemont quer regressar à Bélgica

Carles Puigdemont quer regressar à Bélgica
Tamanho do texto Aa Aa

O antigo presidente do governo regional da Catalunha quer regressar à Bélgica, logo que seja possível. Em conferência de imprensa, este sábado, Carles Puigdemont revelou que vai ficar em Berlim até ser conhecida a decisão da justiça alemã sobre o processo da sua extradição. Até lá, garante que vai continuar a defender os direitos dos catalães.

“Vou tentar aproveitar as circunstâncias para continuar a minha luta, defender os meus direitos e os direitos coletivos do povo catalão para que possa exercer um dos seus direitos fundamentais, reconhecido pelas Nações Unidas: o direito à autodeterminação”.

Puigdemont saiu da prisão, esta sexta-feira, depois de estar detido 12 dias e de pagar uma fiança de 75 mil euros.

Inigo Mendez de Vigo, porta-voz do governo espanhol, sublinha que Puigdemont é um fugitivo da justiça.

“É óbvio que o Sr. Puigdemont está neste momento sujeito à ação da justiça em território alemão porque fugiu da justiça espanhola. Está à espera da decisão das autoridades judiciais alemãs, que já deixaram claro que não se trata de uma perseguição política mas de um fugitivo da justiça num processo penal.

Espanha pondera agora recorrer ao Tribunal Europeu.