Última hora

Última hora

"Estado da União": as explicações de Zuckerberg e o reforço de Orbán

Em leitura:

"Estado da União": as explicações de Zuckerberg e o reforço de Orbán

"Estado da União": as explicações de Zuckerberg e o reforço de Orbán
Tamanho do texto Aa Aa

O fundador e presidente da rede social Facebook, Mark Zuckerberg, foi convocado pelos membros do Congresso dos EUA para explicar o escândalo envolvendo dados privados cedidos a uma consultora sem consentimento dos utilizadores.

O desempenho de Zuckerberg foi considerado positivo, mas uma sondagem do Instituto de Política de Harvard revelou que 71% dos jovens não confiam no Facebook.

Nete programa que passa em revista a atualidade europeia da semana destacamos, ainda, a grande vitória de Viktor Orbán para um terceiro mandato como primeiro-ministro da Hungria, quando o país enfrenta a ameaça de ver instalado um processo por violação dos valores da União Europeia.

Outro tema importante é a iminente ação militar ocidental contra o regime sírio em resposta ao alegado novo ataque com gás contra a população civil. A Rússia, que apoia o exército sírio, ameaçou derrubar qualquer míssil norte-americano.

Destaques na agenda da semana que vem:

- 16 de abril: Reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia, no Luxemburgo, centrada na Síria. – 17 de abril: Discurso do presidente francês, Emmanuel Macron, no Parlamento Europeu, em Estrasburgo, sobre “O futuro da Europa”.