EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

África do Sul despede-se de Winnie Mandela

África do Sul despede-se de Winnie Mandela
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A ativista Winnie Madikizela-Mandela foi a enterrar este sábado

PUBLICIDADE

É o adeus a Winnie Madikizela-Mandela. Cerca de 40 mil pessoas despediram-se, este sábado, da ativista e segunda mulher do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela.

Com honras de Estado e militares, o caixão de Winnie Mandela chegou ao Estádio Orlando no Soweto, em Joanesburgo, coberto pela bandeira sul-africana. Aquela que foi considerada a "mãe da nação" morreu a 02 de abril, aos 81 anos.

A cerimónia fúnebre contou com a presença de figuras do mundo do cinema, da moda e da política. Entre eles chefes de Estado e de Governo de países como a Namíbia, Madagáscar, República do Congo e Zâmbia.

Winnie casou-se com Nelson Mandela em 1958 com quem teve duas filhas. Detida e torturada por diversas vezes, a ativista acabou por se tornar um símbolo da luta contra a segregação racial.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Obama elogia diversidade na seleção francesa

Stonehenge intacto após ato de vandalismo de ativistas pelo clima

Hungria recusa prisão domiciliária para ativista antifascista italiana