A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

NASA lança "caçador de planetas"

O TESS foi colocado em órbita pelo SpaceX Falcon 9
O TESS foi colocado em órbita pelo SpaceX Falcon 9 -
Direitos de autor
NASA Television
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Quantos mundos existem fora do sistema solar? A pergunta dá o mote à missão do TESS - sigla em inglês para Transiting Exoplanet Survey Satellite, o satélite de pesquisa que a NASA apresenta como "caçador de planetas".

Lançamento feito com sucesso, depois de um adiamento de dois dias, na sequência de uma avaria detetada nos sistemas de navegação.

Nas próximas semanas, o TESS vai descrever órbitas progressivamente mais alongadas à volta da Terra. Dentro de 60 dias deverá estabilizar o percurso e começar a enviar informação.

O satélite é o sucessor do célebre telescópio espacial Kepler e vai documentar o momento em que um planeta passa em frente à sua estrela - um método que já permitiu a descoberta de mais de 3700 exoplanetas.