Última hora

Última hora

Arsenal anuncia saída de Arsène Wenger

Em leitura:

Arsenal anuncia saída de Arsène Wenger

Arsenal anuncia saída de Arsène Wenger
@ Copyright :
REUTERS/Scott Heppell/File Photo
Tamanho do texto Aa Aa

"Merci, Arsène". Foi desta forma que o Arsenal anunciou a despedida do carismático treinador francês Arsène Wenger no final desta temporada.

Numa nota publicada no site oficial, o clube londrino agradece o trabalho do técnico que comandou a equipa nos últimos 22 anos. Para trás ficam três títulos da Premier League, sete Taças de Inglaterra e sete supertaças inglesas. Um percurso que faz do gaulês o treinador com maior longevidade e sucesso na história do clube.

Pela frente resta apenas um mês em que pode alimentar o ainda sonho de triunfar na Liga Europa, onde vai disputar as meias-finais com o Atlético de Madrid.

O treinador francês, de 68 anos, assumiu que este é o momento certo para deixar o Arsenal e pediu aos adeptos para protegerem os valores do clube.

"Estou grato por ter tido o privilégio de servir o clube durante tantos anos memoráveis. Dirigi o clube de forma totalmente comprometida e íntegra. Peço aos adeptos que continuem a apoiar a equipa, para que possamos terminar a temporada em grande. A todos os admiradores do Arsenal, peço-lhes que preservem os valores do clube. Terão sempre o meu amor e apoio", declarou.

Já o empresário norte-americano Stan Kroenke, acionista maioritário dos 'gunners' e um defensor do trabalho do francês - muito contestado nos últimos anos pelos adeptos por não conseguir competir pela conquista do campeonato inglês -, manifestou a sua tristeza por um dos "dias mais difíceis" à frente do clube. "A classe inegável de Wenger jamais será igualada", resumiu Kroenke.