Última hora

Última hora

Estradas bloqueadas na região da capital arménia

Em leitura:

Estradas bloqueadas na região da capital arménia

Estradas bloqueadas na região da capital arménia
Tamanho do texto Aa Aa

Manifestantes bloquearam as estradas entre a capital arménia, Erevan e o aeroporto internacional, na segunda de semana de protestos da oposição, que exige eleições antecipadas, depois do primeiro-ministro Serzh Sargsyan ter sido obrigado a abandonar o poder.

Nikol Pashinyan é o líder do bloco da oposição. Perdeu a oportunidade de assumir o cargo de primeiro-ministro, depois de ter falhado o voto no parlamento, onde precisava do apoio de vários deputados da maioria, pertencentes à força política de Sargsyan, o Partido Republicano da Arménia ( direita nacionalista, pró-russo).

Pashinyan apelou a uma desobediência política nacional na terça-feira depois do bloqueio levado a cabo pelos membrosd do Partido Republicano na assembleia.

De acordo com a agência Reuters, os manifestantes bloquearam vários cruzamentos à volta do centro da cidade, depois de dias de cercos aos edifícios do Estado.

Os manifestantes falam nos 10 dias como "uma revolução pacífica."

Serzh Sargsyan foi presidente da Arménia durante 10 anos e tentou depois continuar no poder, numa medida interpretada como uma tentativa para acabar com as limitações de mandatos e de agarrar-se ao poder. Acabou por desistir e disse que o opositor "tinha razão."

Apesar de ter sido o único candidato presente no parlamento, Pashinyan não conseguiu o apoio mínimo do Partido Republicano da Arménia, pelo que deverá enfrentar novo processo eleitoral parlamentar proximamente. Caso não seja eleito, deverá ser convocada uma manifestação a nível nacional.