350 palestinianos feridos por israelitas junto à fronteira em Gaza

Militares israelitas lançam gás lacrimógeneo contra palestinianos
Militares israelitas lançam gás lacrimógeneo contra palestinianos Direitos de autor REUTERS/MOHAMMED SALEM
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Soldados israelitas dispararam fogo real e granadas de gás lacrimógeno para conter os cerca de 7 mil manifestantes palestinianos que lançaram pneus em chamas contra a vedação fronteiriça.

PUBLICIDADE

Cerca de 350 palestinianos ficaram feridos esta sexta-feira depois de terem sido atingidos por gás lacrimógeo ou disparos de militares israelitas junto à fronteira com Gaza.

Acampados desde o final de Março junto à vedação, os jovens palestinianos lançaram pneus em chamas contra a fronteira para criar uma cortina de fumo e dificultar a visão dos atiradores israelitas enquanto lançavam pedras contra os soldados.

Conseguiram ainda abater com fisgas dois pequenos drones de vigilância.

Só no último mês, mais de 40 palestinianos foram abatidos pelos soldados israelitas nos protestos junto à fronteira com Gaza.

Israel está a celebrar 70 anos, motivo para os protestos dos palestinianos que exigem que lhes sejam devolvidos os terrenos e casas que perderam no conflito de 1948.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Novos ataques de Israel em Gaza matam pelo menos 48 pessoas

Número de mortos em Gaza ultrapassa 29 mil. Tensão no Líbano segue em crescendo

Netanyahu rejeita pressões para parar ofensiva terrestre em Rafah. Últimos ataques matam mais de 40 palestinianos