Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Norte-americanos libertados por Pyongyang voltam a casa

Norte-americanos libertados por Pyongyang voltam a casa
Tamanho do texto Aa Aa

Sorrisos e sinais de vitória no regresso a casa dos três norte-americanos que se encontravam detidos na Coreia do Norte por espionagem ou atos hostis contra o país asiático. Kim Dong-chul, Kim Sang-Duk e Kim Hak-Son aterraram na base aérea de Andrews já depois das duas e meia da manhã, hora local, mas nem por isso Donald Trump deixou de estar presente.

O presidente norte-americano aproveitou para agradecer a Kim Jong-un por ter sido excelente para os três cidadãos e acrescentou que "a conquista de que mais se poderá orgulhar será a desnuclearização completa da península coreana."

A libertação foi encarada pela Casa Branca como um gesto de boa vontade de Pyongyang antes da cimeira que se avizinha entre os dois países. De acordo com Trump, o local e a data da cimeira já foram definidos mas ainda não foram tornados públicos.