Norte-americanos libertados por Pyongyang voltam a casa

Norte-americanos libertados por Pyongyang voltam a casa
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Donald Trump fez questão de receber Kim Dong-chul, Kim Sang-Duk e Kim Hak-Son a meio da noite

PUBLICIDADE

Sorrisos e sinais de vitória no regresso a casa dos três norte-americanos que se encontravam detidos na Coreia do Norte por espionagem ou atos hostis contra o país asiático. Kim Dong-chul, Kim Sang-Duk e Kim Hak-Son aterraram na base aérea de Andrews já depois das duas e meia da manhã, hora local, mas nem por isso Donald Trump deixou de estar presente.

O presidente norte-americano aproveitou para agradecer a Kim Jong-un por ter sido excelente para os três cidadãos e acrescentou que "a conquista de que mais se poderá orgulhar será a desnuclearização completa da península coreana."

A libertação foi encarada pela Casa Branca como um gesto de boa vontade de Pyongyang antes da cimeira que se avizinha entre os dois países. De acordo com Trump, o local e a data da cimeira já foram definidos mas ainda não foram tornados públicos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Coreia do Norte liberta três presos norte-americanos

Mike Pompeo está na Coreia do Norte

Trump compara problemas legais à perseguição feita ao opositor russo Alexei Navalny