A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Israel recebe próximo Festival Eurovisão da Canção

Israel recebe próximo Festival Eurovisão da Canção
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Este ano, no momento mais aguardado do Festival Eurovisão da Canção, ouviu-se um nome de Israel. Netta Barzilai garantiu ao país o quarto triunfo no evento e quebrou um jejum de décadas graças a "Toy."

A sucessora de Salvador Sobral subiu este sábado, em Lisboa, ao lugar cimeiro do pódio. Agradeceu a escolha da "diferença."

"Muito obrigado por escolherem a diferença e por aceitarem as diferenças entre nós. Obrigado por celebrarem a diversidade. Amo o meu país. No ano que vem é em Jerusalém", disse Netta.

No total, a representante de Israel no Festival conseguiu 529 pontos. Outros 212 foram atribuídos pelo júri à canção inspirada pelo movimento #MeToo.

A jovem de 25 anos ganhou o programa Rising Star antes de chegar à Eurovisão. Passou dois anos de serviço militar na banda da Marinha.

Chipre ficou-se pela segunda posição, com 436 pontos e a Áustria completou o pódio com 342 pontos.

Da apoteose do ano passado à derrota deste ano, Portugal ficou-se pela 26ª posição, no último lugar com 39 pontos.