Balé sobre Nureyev recebe vários galard´ões do Prémio Benois de Dança

Balé sobre Nureyev recebe vários galard´ões do Prémio Benois de Dança
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Melhor compositor, melhor bailarino e também melhor coreógrafo foram as distinções atribuídas à obra que conta a vida de Rudolf Nureyev. A cerimónia ficou marcada pela ausência do coreógrafo Kirill Serebrennikov, que se encontra em prisão domiciliária.

PUBLICIDADE

No Teatro Bolshoi de Moscovo, a noite de terça-feira foi consagrada à cerimónia de entrega do Prix Benois o mais prestigiado galardão do mundo da dança.

Kirill Serebrennikov foi contemplado com o prémio de melhor coreografia pelo balé que conta a vida de Rudolf Nureyev A obra recebeu ainda o prémio de melhor composição.

Serebrennikov não participou na cerimónia por estar detido na Rússia. O prémio foi recebido pelo compositor da obra, Ilya Demutsky em nome do coreógrafo.

Kirill Serebrennikov foi detido em agosto de 2017 acusado de fraude e desvio de fundos. Está em prisão domiciliar. Os seus defensores falam de uma cabala por parte do Kremlin.

Quando foi detido, dirigia o filme "Leto", galardoado com a melhor banda sonora no Festival de Cannes deste ano e que conta a emergência da música rock em Leninegrado, nos últimos anos do regime soviético.

O balé sobre a vida de Nureyev, que faleceu em 1993 de Sida, foi um teste à tolerância das autoridades russas, por abordar abertamente o romance e a paixão entre homossexuais.

A obra deveria ter estreado no Teatro Bolshoi em julho do ano passado, mais foi cancelada ao último minuto, com a informação por parte da direção do teatro de que não estava pronta. Viria a estrear em Dezembro.

Na altura, a agência de notícias estatal russa, TASS, citou uma fonte próxima do ministério da Cultura dizendo que havia preocupações com o tema da homossexualidade, patente no balé.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Valeriy Gergiev foi nomeado diretor do teatro Bolshoi de Moscovo

353 bailarinas em pontas batem recorde mundial do Guiness

Descoberto salão de banquetes em Pompeia