Última hora

Última hora

Áustria fecha mesquitas e expulsa imãs radicais

Em leitura:

Áustria fecha mesquitas e expulsa imãs radicais

Áustria fecha mesquitas e expulsa imãs radicais
@ Copyright :
REUTERS/Leonhard Foeger
Tamanho do texto Aa Aa

O governo austríaco vai fechar sete mesquitas e expulsar cerca de 40 imãs.

O Chanceler Sebastian Kurtz diz que a medida faz parte de um plano contra o fundamentalismo islâmico e de combate ao financiamento externo de grupos religiosos.

"Sociedades fechadas, islamismo político e tendências para a radicalização não têm lugar no nosso país. O governo Federal definiu como objetivo tomar uma acção firme contra estes acontecimentos indesejáveis,"afirma o chefe do governo austríaco.

Na Áustria vivem cerca de 600 mil muçulmanos, a maioria de origem turca.

O porta-voz do presidente da Turquia já reagiu a esta decisão. Diz que é a consequência de uma onda de islamofobia, racismo e discriminação" e apela para que este tipo de comportamentos não seja normalizado.