Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Corrupção: governo romeno responde com contramanifestação

Corrupção: governo romeno responde com contramanifestação
Direitos de autor
Inquam Photos/Octav Ganea via REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de romenos manifestaram-se nas ruas da capital, Bucareste, contra os alegados abusos de poder por parte da procuradoria anticorrupção do país.

Um protesto convocado pelo partido Social Democrata, no poder, que convergiu junto à sede do governo.

Um manifestante explica que veio "mostrar apoio a uma Justiça corrigida, não uma que é feita com casos penais falsos e testemunhas que mentem".

A manifestação foi vista como uma resposta da coligação no poder à série de grandes protestos antigovernamentais organizados contra a tentativa dos social democratas de discriminalizar vários crimes de corrupção através de um decreto de emergência em 2017.

Andrei Taranu, professor de ciência política, diz que "é bastante peculiar, uma manifestação organizada por partidos no poder contra o que chamam o 'Estado profundo', normalmente bastante ligado às teorias de conspiração".

A contestação popular forçou a coligação a abandonar o decreto. Considerado um dos Estados mais corruptos da União Europeia, a Roménia conta com um sistema de Justiça sob vigilância especial de Bruxelas.