Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Líderes mundiais saúdam "acordo histórico"

Líderes mundiais saúdam "acordo histórico"
Tamanho do texto Aa Aa

É caso para dizer que a Macedónia e a Grécia encontraram o Norte, após 27 anos de uma querela por causa do nome do país. A República da Macedónia deve passar a chamar-se República da Macedónia do Norte, nome que deve ser aprovado pelo parlamento macedónio e submetido depois a referendo.

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, já saudou o acordo, "felicitando todos os que participaram construtivamente nos esforços que o originaram".

O mesmo fizeram outras altas figuras, como o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, que agradeceu aos primeiros-ministros da Grécia e da Macedónia por "tornarem possível o impossível".

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, deixou "um apelo aos dois países para finalizarem o acordo".

A Alta Representante da União Europeia para a Política Externa e Segurança, Federica Mogherini, congratulou-se com o "momento histórico" e enalteceu o poder da diplomacia.

Os Estados Unidos também felicitaram os primeiros-ministros da Grécia, Aléxis Tsipras, e da Macedónia Zoran Zaev, pela "visão, coragem e persistência demonstrada na busca de uma solução aceitável para os dois países".