Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Ataques aéreos no aeroporto de Hodeida

Ataques aéreos no aeroporto de Hodeida
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A coligação internacional liderada pela Arábia Saudita que apoia o Governo do Iémen no exílio realizou este domingo vários ataques aéreos no aeroporto de Hodeida.

O braço-de-ferro mantém-se no país depois de um volte-face no terreno.

As forças pró-governo tinham anunciado a tomada do aeroporto das mãos dos rebeldes xiitas "huthis" mas estes reverteram depois a situação na sequência de confrontos intensos.

O aeroporto encontra-se no sul da cidade portuária de Hodeida, a dez quilómetros do porto com o mesmo nome e principal ponto de entrada de ajuda, alimentos e medicamentos no país.

Os habitantes de uma cidade próxima do porto não escondem o desespero.

"Estava a trabalhar no porto de Hodeida mas se o porto fechar onde é que vamos trabalhar? Como é que encontrarei trabalho com este cerco e desastre? Só nos falta morrer. Não temos mais nada do que a vida", sublinha Yehia Sohail.

Entre os alertas de organizações não-governamentais, o Papa Francisco apelou, este domingo, à intervenção da comunidade internacional para ajudar a população do país "esgotada por anos de conflito", nas palavras do Sumo Pontífice.